Como funciona a manutenção elétrica nos condomínios?

Qualquer parte de um prédio pode apresentar problemas eventualmente, e lidar com imprevistos é algo rotineiro para os síndicos, mas agora quando o assunto é a parte elétrica, o papo fica mais difícil.

Uma maneira eficiente para evitar prejuízos, danos ao prédio e aos condôminos, e acidentes, é realizando a inspeção e manutenção preventiva de toda a parte elétrica, continue lendo para conhecer detalhadamente o processo.

Antes de tudo, é importantíssimo salientar que somente profissionais podem realizar manutenções elétricas, não corra riscos desnecessários!

Vamos lá, primeiramente, de quem é a responsabilidade da manutenção elétrica? 

O síndico exerce funções essenciais dentro de um condomínio, e uma delas é quanto a parte elétrica, fiscalizando o bom uso e estado da rede elétrica, agendando e fiscalizando manutenções e instalações, garantindo assim a segurança dos moradores.

Ah, os moradores também precisam estar atentos ao quadro de luz, a fiação e até os eletrodomésticos e equipamentos que estão em sua residência, evitando sobrecargas, uso irregular de adaptadores, aparelhos com voltagens diferentes da disponível e as famosas gambiarras.

Com qual frequência o síndico deve agendar a manutenção?

A frequência ideal para a realização da manutenção elétrica em condomínios residenciais é de uma vez ao ano. Essa manutenção periódica previne riscos e contribui para a redução de custos da edificação, afinal, quando tudo está funcionando sem nenhum defeito, os condôminos e o síndico têm mais economia com a conta de luz.

Mas como que o síndico vai saber a hora de realizar a manutenção?

O sinal principal de que algo está errado com a rede elétrica é o aumento inexplicável do consumo, por isso é MUITO importante que o síndico tenha um controle do histórico de contas elétricas e fique atento a aumentos, mesmo que sutis.

Claro, sempre levando em consideração as épocas onde o consumo de energia acaba sendo maior, como no frio intenso, onde os chuveiros elétricos impactam na conta de luz e nos dias muito quentes e com maior número de climatizadores e ar condicionados funcionando.

Além disso, é interessante que o síndico conscientize os moradores sobre ter essa mesma atenção em suas contas de energia. Isso pode ser feito durante as assembleias e também nos canais de comunicação do condomínio.

Mas o que acontece se não for realizada essa manutenção?

Os moradores vão sentir diretamente no bolso o prejuízo de não fazer manutenções periódicas na rede elétrica, com o aumento nas contas de luz, reajustes de condomínio para arcar com a iluminação comum.

Esse é o menor dos problemas, o grande X da questão de não realizar a manutenção é o aumento dos problemas e consequentemente aumento do custo e da dificuldade para solucionar lá na frente, sem contar os riscos de acidentes, de apagões, incêndios, queima de eletrônicos e eletrodomésticos.

Resumindo: Não fazer manutenções periódicas é prejuízo na certa.

E como fazer a manutenção da parte elétrica? 

Seja para uma manutenção preventiva ou corretiva, a manutenção elétrica do condomínio deve ser realizada por profissionais qualificados que possam identificar com precisão quais as ações necessárias para que as instalações elétricas funcionem com plena eficiência. 

Somente profissionais saberão como utilizar corretamente os equipamentos e entendem quais são os melhores materiais e técnicas a ser utilizada.

A maneira mais segura de realizar a manutenção, na verdade, é só uma: poder contar com uma empresa idônea, com experiência no ramo elétrico e que possui mão de obra especializada. 

A Dumont possui mais de 28 anos de experiência no mercado de inspeção e manutenção predial e tem sido o braço direito de muitos síndicos na hora de solucionar e prevenir problemas em prédios.

Se o seu prédio não realiza a manutenção da parte elétrica há mais de um ano, não espere pelo pior, entre agora em contato com um consultor Dumont!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.